Dores na nuca

Geralmente, a dor na nuca é motivada por patologias na coluna, problemas musculares ou pelo aumento repentino da pressão arterial. Porém, esse incomodo pode também indicar problemas mais graves, como aneurisma ou meningite, mas nestes casos os sintomas são mais aparentes (enjoo, febre, vómitos e dor forte na nuca).

Dores na nuca e no pescoço indicam problemas musculares, como distensão, contratura ou torcicolo. A causa mais comum para essa lesão é o excesso de atividades físicas ou a má postura, e por isso pode ser curada com a utilização de compressas de água quente no pescoço e com a ingestão de alguns relaxantes musculares.

Dor na nuca acompanhada de tontura pode ser sinal de vertigem paroxística benigna ou labirintite, que são distúrbios que acometem o ouvido e provocam a sensação de desequilíbrio e vertigem. Beber chá de gengibre é um dos remédios caseiros que podem melhorar essas dores, pois favorece a boa circulação do sangue no cérebro.

Quando a dor na nuca atinge os ombros é porque o problema está na coluna, e na maioria dos casos, essa dor vem acompanhada de uma dor de cabeça forte. Se o paciente apresenta esse problema, o indicado é procurar um ortopedista.

Se a dor na nuca impossibilitar as actividades do dia a dia, demorar mais de 48 horas ou vir acompanhada de febre e vómitos, o indivíduo deve consultar um clínico ou um neurologista para que seja diagnosticado alguma patologia mais grave.